Extrovertido, pensador...e mais rico.

ImprimirEnviarFavoritos

Fatura bem mais quem tem maior capacidade de liderar e gerir pessoas.

Revista Época Negócios.

O sol nasceu para todos, mas o sucesso financeiro privilegia alguns tipos de personalidade, conforme revela em estudo da consultoria Truity Psychometrics: vence quem tem características como extroversão, sensibilidade e maior capacidade de pensar e julgar (definidos pela sigla em inglês ESTJ), cujos rendimentos anuais, segundo o estudo, giram em torno dos US$ 77 mil. Já aqueles introvertidos, sensíveis e avaliadores (sigla ISP) faturam menos da metade disso, US$ 33 mil anuais. Para os autores, essa diferença se deve basicamente ao talento para ocupar postos de liderança e gerência apresentado pelos ESTJs.

Além disso, os autores constataram que dois terços dos ESTJs são homens, o que acaba contribuindo para aprofundar as diferenças de gênero no topo das empresas (e mulheres têm maior dificuldade de pedir aumentos salariais, segundo constataram pesquisas semelhantes). Mas o gênero não deve ser responsabilizado inteiramente por essas discrepâncias, pois a mesma diferença de renda foi detectada também na comparação apenas entre mulheres com diferentes tipos de personalidade. No entanto, curiosamente, o estudo constatou uma variação salarial maior entre homens ESTJs e ISPs (de US$ 30 mil a US$ 95 mil por ano) do que entre mulheres (de US$ 39 mil a US$ 80 mil por ano).